Uso Racional de Antimicrobianos

A resistência microbiana não é um problema novo e tem sido uma importante ameaça à saúde pública mundial, pois desafia o controle de doenças infecciosas. A cada ano, surgem muitas infecções devido às bactérias multirresistentes em diversas partes do mundo, aumentado riscos para a saúde e na segurança dos pacientes, elevando também os custos associados.

O aumento das bactérias produtoras de beta-lactamase de espectro estendido (ESBL) e subsequentes estirpes resistentes à carbapenemase deixou a colistina como o único antibiótico no tratamento para essas infecções, um antibiótico da década de 1960 e com perfil de alta toxicidade. Sabe-se também que a resistência à colistina já foi relatada, tornando alguns pacientes intratáveis, além da identificação recente e a disseminação subsequente de Enterobacteriaceae de Nova Deli Metallo-beta-lactamase-1 (NDM-1) e de Klebsiella pneumonia carbapenemase (KPC), considerados as mais recentes “superbactérias”, sendo uma grande ameaça para a saúde pública.

Assim, a implantação de um Programa de Stewardship para Antimicrobianos (PSA) é uma estratégia mundial e responsabilidade de todos.

Os objetivos são:
1. Orientar os profissionais de saúde para a elaboração e a implementação de programas de gerenciamento do uso racional de antimicrobianos nos serviços de saúde/hospitais;
2. Garantir o efeito fármaco-terapêutico ao máximo;
3. Reduzir a ocorrência de eventos adversos nos pacientes;
4. Não favorecer a seleção e a disseminação de bactérias resistentes;
5. Diminuir os custos da assistência (não sendo esse o principal).

Um Programa de Stewardship para Antimicrobianos pode ser uma iniciativa local, institucional, nacional ou internacional. O mais relevante, porém, é seu poder e sua sustentabilidade aumentarem quando existir uma responsabilização individual e, consequentemente, de equipes multidisciplinares para integrar e motivar todos os envolvidos com o uso de antimicrobianos.

O Brasil precisa de uma resposta forte, coordenada e urgente a essa ameaça. Uma importante estratégia para ter melhores desfechos clínicos relacionados à prescrição de antimicrobianos (em especial, a administração de antibióticos) é um Programa de Stewardship para Antimicrobianos que, sem dúvida, fortalecerá ainda mais as ações de controle de infecção já existentes.